E Então Eu Li Memórias Póstumas de Brás Cubas... [Resenha]


Memórias Póstumas de Brás Cubas - Machado de Assis
Editora: L± POCKET (sim, minha edição é pocket porque eu sou pobre)
Número de páginas: 216



Memórias póstumas de Brás Cubas, como o nome já diz, são as memórias de Brás Cubas depois de morto (senhorita óbvia). É narrado sob a visão da primeira pessoa, sendo o narrador personagem o próprio Brás Cubas, que já começa o romance morto.
A história é narrada desde a infância do protagonista, quando ele conta como os pais o tratavam e como ele era mimado. Nessa época também foi quando Bras Cubas conheceu Quincas Borba (que aparece mais tarde no romance de maneiras distintas - e também tem seu próprio romance). Daí chegamos a sua adolescência, namoros por interesse, estudos, volta para o Brasil, noiva que não virou noiva...
Ele, depois de mais velho, se apaixona pela mulher que seria antes sua noiva, Virgília, e, como ambos se amam - mesmo ela já sendo casada, passam a se encontrar.
Virgília se muda com o marido e fica um tempo afastada de Cubas, sendo que nessa época ele volta a velha amizade com Quincas Borba (que quer por que quer fazê-lo adepto do humanitismo - e por isso passa a ser chamado de filósofo).
Ao fim, antes de morrer, ele encontra alguns personagens que passaram pela sua vida, mostrando em que situação  se encontravam - se não estivessem já mortos.

"AO VERME
QUE
PRIMEIRO ROEU AS FRIAS CARNES
DO ME CADÁVER

DEDICO
COMO SAUDOSA LEMBRANÇA
ESTAS
MEMÓRIAS PÓSTUMAS"

(Eu não soube muito bem como resumir essa obra. Acontecem muitas coisas, têm muitos personagens e alguns fatos que eu quero que leiam para saber o que aconteceu. Então por enquanto é só isso mesmo.)

A verdade é que eu não queria resenhar essa obra, como também não quero resenhar Dom Casmurro (mesmo eu achando que vou sim). Eu tive que ler para a universidade e minha análise vai ficar um pouco voltada para o que aprendi.

Sou suspeita para falar se gostei ou não porque eu amo Machado (S2). Claro que tem capítulos que eu diria que são inúteis (mesmo eu sabendo que não são), e que podem atrasar um pouco a leitura (mas leiam todos, todos são importantes). Mas gosto mesmo assim.
Eu gosto de Brás Cubas o mesmo tanto que gosto do Bentinho de Dom Casmurro (que é, em uma escala de 0 a 10, -1). Quando você lê só por ler, sem se importar muito com os personagens ou não fazendo uma análise "profunda", ele parece só um personagem normal (levemos em conta a época que foi escrito e a escravidão no Brasil). Mas Machado é mestre em criar narradores que não devemos confiar e dentro de todos os capítulos, podemos ver uma crítica irônica a sociedade brasileira (que pode se aplicada, em termos, até hoje).
Então leiam com cuidado e vocês irão perceber.
(E se vocês passarem a não gostar dele como eu, coloquem no comentário o/)

Eu indico Machado a todas as pessoas do mundo (é tanto amor...). Ainda prefiro Dom Casmurro à Brás Cubas, mas o livro é muito bom. E eu ainda fico chocada com a personalidade desse narrador... Ai Ai.
E não gente, não leiam culpando Machado pelo que acontece e achando que ele era um preconceituoso e talz. Apenas tente entender a obra, ok? Se for difícil, procure umas análises online...

Agora um pouco sobre a edição:
Eu gostei bastante, ela não vem apenas com o romance, mas também com uma biografia do autor e um panorama da vida cotidiana da época (que ajuda a entender as motivações de Machado e guiar um pouco a leitura).

Me digam vocês: Já leram? Gostaram?
Comentem ai =D

Beijocas e até a próxima


2 comentários :

  1. Brás Cubas é um dos meus livros preferidos. Amo a escrita de Machado *---*
    bjs
    http://torporniilista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Quero muito ler esse livro!
    Felizmente já tenho ele na minha estante, agora só falta tempo para ler haha!
    Adorei seu blog, muito fofo. Sucesso!
    Beijos!
    http://borboletasliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Muito obrigada por lerem. Espero que tenham gostado. Então, que tal deixar um comentário com a sua opinião? Acha que ficou alguma coisa confusa? Gostou ou não gostou? É só comentar que eu adorarei ler :)

Se ainda não segue o blog, lembre-se que é bem rapidinho seguir. É só clicar em participar na caixinha de docinhos ali no canto. Siga também nas redes sociais. Beijocas e até mais!