Resenha - Inverso


Hey, hey, pessoal! Como estão todos? Aqui é a Anna, finalmente depois de tanto tempo sem postar resenha venho com uma fresquinha para vocês. É de mais um livro nacional, desta vez da autora Karen Alvares. Eu havia escutado muito bem sobre este livro e aproveitei para comprar logo o meu e matar a curiosidade. Então venha se aconchegando que vou dizer o que achei de Inverso



Inverso - Karen Alvares
Editora: Draco
Páginas: 136
Lá no fundo, Megan não quer ser quem é e nem viver essa vida triste, exatamente o inverso daquela que sempre sonhou para si. Tudo começa com a morte de sua mãe. A sensação terrível de que algo nunca mais vai ser como antes. E não será mesmo. O seu único alento é o carinho da irmã, que a vê como o que gostaria de ser quando crescer.
Mas há um novo mundo do outro lado dos espelhos. Um mundo igual ao seu, só que ao contrário. Um mundo perfeito onde as pessoas que morreram estão vivas e Megan é exatamente a garota que deveria ser.
Entrando nessa realidade pelo avesso, Megan começa uma perigosa busca por si mesma onde o reflexo de tudo que há de ruim tentará detê-la. Enquanto segue em frente ela deverá garantir a segurança das pessoas que mais ama.
Inverso é um romance cheio de suspense de Karen Alvares, autora de Alameda dos Pesadelos. Em um labirinto de escolhas sem poder sequer distinguir a própria imagem, Megan deverá lidar com a perda enquanto descobre quem é a garota que a encara no espelho.

O que você faria se tivesse a chance de viver uma vida diferente da sua, mas onde o que você mais deseja ter seja possível? 

Megan perdeu a mãe há quatro anos e, mesmo depois de tanto tempo, nem ela, nem o pai e a irmãzinha conseguiram seguir em frente de verdade. Ela sempre sente falta da mãe, como se nada fosse voltar a dar certo com a ausência dela. Por mais que ela dê o seu melhor para ser uma boa filha e uma boa irmã, aquilo nunca pareceu ser o suficiente. 

Certo dia, ao finalmente decidirem arrumar o quarto da falecida mãe, Megan se depara com um diário cuja primeira página já ordena que não seja lido. Ela vê naquilo uma forma de entender o que estava acontecendo dentro da cabeça de sua mãe e, desta forma, se aproximar um pouco, então, guarda-o. Porém, neste mesmo quarto há um espelho e ao vislumbra-lo, Megan nota o reflexo de uma pessoa totalmente diferente. A pessoa do outro lado é ela, mas pelo estilo de suas roupas e a cor dos cabelos, que diferem totalmente dos da protagonista, fica claro que não pode se tratar da mesma Megan. 

Eventualmente, ela é suga para o outro lado do espelho, deparando-se com um universo que parece o seu, tirando o fato de que está ao contrário. Ou seja: Megan naquele lugar se chama Megami e é totalmente diferente do que costumava ser; ela não tem mais uma boa relação nem com a irmã, nem com o pai; ela é uma das garotas que provavelmente mais detestaria ser na escola. Porém, naquele mundo, sua mãe está viva. Naquele lugar ela não tem controle de seu corpo e tem que lutar com Megami pela autonomia ali.

Vemos uma luta de personalidades, além de um dilema: será que ela desistiria de tudo para poder viver em um lugar onde sua mãe está viva?

O livro é narrado em terceira pessoa, tem uma escrita leve e envolvente, típica de YAs. Foi uma leitura rápida e bastante agradável. O suspense criado pela autora e o jeito que ela nos fez ficar na pele da personagem nos faz querer chegar logo ao final para descobrir como tudo irá terminar. 

Os personagens são quase vivos, de tanto que foram bem criados. Não são nada rasos e trazem ao leitor mais vivacidade aos fatos, como se tudo aquilo pudesse acontecer a qualquer momento com qualquer um (Claro que a parte fantástica não, mas todo o resto trata do cotidiano de uma adolescente que tem que superar a morte da mãe e se encontrar nas suas dúvidas e angustias). E por isso a autora está de parabéns.

Porém, quando acabei de ler, senti-me um pouco desapontada. Não que a obra não seja boa, mas eu esperava mais. Isso provavelmente ocorreu por conta do final, que foi um tanto quanto corrido e terminou de maneira... Abrupta? Ok, claro que tem uma continuação, mas a forma que a autora decidiu terminar o romance me fez achar que a história foi simplesmente cortada no meio e é isso, legal, espere o próximo livro para saber o resto, vou fazer você sofrer aqui.

Mas a leitura foi muito agradável, mesmo não sendo tudo o que eu esperava pelo tanto que havia escutado sobre a obra. A autora tem um jeito ótimo de tratar com o público e trazer questões da vida para não só os personagens meditarem sobre o assunto, mas também os leitores.

Livro super recomendado e estou aguardando ansiosamente por uma continuação. 

4 comentários :

  1. Acho que a continuação saiu esses dias... Se não me engano, se chama Reverso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Daniel! Sim, a continuação se chama Reverso, mas acho que ainda não saiu :((( (uma pena porque eu quero saber logo o que tem no diário T-T)

      Excluir
  2. oi
    adorei seu cantinho <333
    ansiosa para ter esse livro,quero muito ler :)
    http://ldsonhos.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, Dani!!
      Fico feliz que tenha gostado *-*
      O livro é ótimo! Não deixe de lê-lo assim que tiver a oportunidade!
      Beijinhos!

      Excluir

Muito obrigada por lerem. Espero que tenham gostado. Então, que tal deixar um comentário com a sua opinião? Acha que ficou alguma coisa confusa? Gostou ou não gostou? É só comentar que eu adorarei ler :)

Se ainda não segue o blog, lembre-se que é bem rapidinho seguir. É só clicar em participar na caixinha de docinhos ali no canto. Siga também nas redes sociais. Beijocas e até mais!