Resenha - Clér


Olá, meus docinhos, olha quem resolveu aparecer por aqui! Depois de tanto tempo sem resenha,venho trazer minha opinião sobre o livro Clér, do autor Pablo Madeira. Vocês já devem saber como eu super me animo em ler livros nacionais, ainda mais de autores que estão entrando agora no mercado. Foi em minha empreitada pelo mundo dos autores que conheci essa obra e fiz questão de comprar, porém, só depois de uns... muitos meses com ela na estante, que tive tempo de ler. Espero que gostem da resenha. 



Clér - Pablo Madeira 
Editora: Deuses
Páginas: 156


A decisão de sair da casa dos seus pais e ir morar com a sua tia em outra cidade foi necessária para Rodrigo. O jovem não suportava mais conviver com os problemas alcoólicos de seu pai e ser feliz era algo que não podia mais ser adiado. Se assumir homossexual não era uma das escolhas mais fáceis, já que seu pai sempre dizia que jamais teria um filho gay. Além das novas amizades e do primeiro emprego, Rodrigo irá sentir pela primeira vez o tão falado “amor à primeira vista” ao conhecer o jovem Clér. Mas nem tudo é o que parece e Rodrigo vai aprender que o preconceito pode existir em qualquer lugar e que, por esse motivo, às vezes precisamos guardar alguns segredos.
Com uma escrita leve, o autor nos mostra de maneira direta uma realidade vivida por muitos. Uma história para rir e chorar. Impossível parar de ler.


Clér conta a história de Rodrigo, um rapaz gay que resolve sair da casa de seus pais motivado pelo comportamento machista, agressivo e homofóbico do pai, e da submissão da mãe. Ele então encontra amparo na casa de sua tia, que conhece e aceita sua orientação. Nova cidade, novos amigos, o primeiro emprego e... Clér. Por mais que Rodrigo saiba que é gay, nunca havia se apaixonado por um menino como se apaixonou por Clér. Porém, ele não sabe se Clér também seria capaz de sentir algo por ele, quanto mais da forma que Rodrigo sente. Então, na noite do ano novo, quando Rodrigo vai acampar com os amigos, ele conhece um lado de Clér que julgou ser improvável existir... 

A história é narrada em primeira pessoa, em grande parte pelo próprio Rodrigo, mas com uma participaçãozinha de Clér. A escrita do Pablo é bastante acessível e leve, fazendo com que a leitura voe. 

Há um número até ok de personagens secundários, alguns o autor trabalha mais, outros apenas aparecem pontualmente e desaparecem com a mesma velocidade que surgiram. Isso talvez tenha me incomodado um pouco, já que no início Rodrigo se diz um rapaz tímido, que não tem tantos amigos por ter medo de ser julgado por conta de sua sexualidade... Mas na cidadezinha faz amizade de maneira muito fácil. Senti também que alguns personagens foram introduzidos de maneira um tanto quanto forçada, provavelmente porque o livro é curtinho e o interesse do autor estava em trabalhar outra coisa.

Para quem adora livro com frases de efeito, ou até com um cunho mais "auto-ajuda", vai ficar feliz com esse, já que o próprio Rodrigo mantém um diário onde escreve seus sentimentos do dia de uma forma que pode muito bem ilustrar sua vida.

Mas de tudo o que importa mesmo é o final. Nas últimas cenas o autor lança mão de uma descrição mais detalhada do que encontramos no restante do livro (que pouco tinha de descrição), isso justamente para deixar a cena ainda mais impactante e fazer com que a mensagem chegue de forma mais intensa ao leitor. 

É uma leitura muito boa. É o primeiro livro do autor e ele consegue passar aquilo que planejava, por mais que eu ache que precisasse de um amadurecimento maior em certo pontos (como a rapidez que as coisas acontecem, mas, como eu disse, não deve ter sido a intenção do autor aprofundar tanto nisso). A mensagem é tocante e realmente representa a realidade de inúmeras pessoas. 

Um livro para conscientizar e eu espero que todos que o leiam aprendam com ele.

Estarei esperando mais lançamentos do Pablo,curiosa para saber o que ele vai fazer a seguir.


Espero que tenham gostado da resenha. Já conhecia o livro? Que tal deixar um comentário ai com sua opinião? 

Beijocas e até mais :)

1 comentários :

  1. Ainda não conhecia o autor, parece ser um livro interessante. Beijos
    http://chuvacobertaelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir

Muito obrigada por lerem. Espero que tenham gostado. Então, que tal deixar um comentário com a sua opinião? Acha que ficou alguma coisa confusa? Gostou ou não gostou? É só comentar que eu adorarei ler :)

Se ainda não segue o blog, lembre-se que é bem rapidinho seguir. É só clicar em participar na caixinha de docinhos ali no canto. Siga também nas redes sociais. Beijocas e até mais!