Resenha - Diários do Vampiro: O Despertar

Diários do Vampiro: O Despertar - L. J. Smith
Editora: Galera Record
Número de Páginas: 236





Um triângulo Amoroso Fatal. Stefan Salvatore é imortal. E está condenado. Há séculos ele procura redenção e paz, até que chega á pequena cidade de Fell's Church e conhece Elena... Mesmo sendo a garota mais popular e adorada da escola, Elena se sente sozinha, até encontrar sua alma gêmea, Stefan, um vampiro perseguido pelo irmão, Damon... Um vampiro sexy e misterioso, Damon quer vingança a qualquer custo e não medirá esforços para conseguir o que deseja.



Vou resumir a história em uma linha: 

Elena conhece Stefan (que é um vampiro), se apaixona por ele, descobre o segredo dele e fim. 

Ok, eu sei que os fãs do livro irão querer me matar depois desse resumo, mas, pegando só as partes mais importantes, é só isso mesmo.

Elena é uma garota fútil que acha que tudo o que quer tem que ter em suas mãos. No início, até parece que terá um drama escondido em seu passado (ok, tem a morte dos pais dela, mas...), mas isso não é muito bem explorado então ela continua como a menina fútil, princesinha da escola.

Stefan é um vampiro que saiu das sombras para tentar ter uma vida normal, mas o seu passado/presente não o permite. Ele luta contra seus extintos vampirescos e tenta ao máximo ser aceito por todos.

Damon é... Então... O Damon é o Damon. Não posso dizer muito, já que ele apareceu praticamente nenhuma vez. 

A história começou de um jeito até interessante, mas o desenvolvimento deixou a desejar. O primeiro livro é basicamente Elena tentando conquistar um garoto que acabou de chegar a escola e que ela tem que ter a qualquer custo. Quando você leitor menos espera, ela já está apaixonada pelo rapaz e ele é o amor da vida dela e bla bla bla (oi?). 

Ele, por sua vez, parece ignorar a garota, mas na verdade só está fugindo das lembranças do antigo amor de sua vida - que por acaso se parece muito com Elena e ele começa a ter uma afeição por ela também.

Eu não tenho muito o que falar, já que senti que o livro todo foi a garota tentando conquistar o vampiro (a princípio sem nenhum motivo aceitável) e nutrindo uma paixão estranha por um desconhecido que ela acha que conhece. E depois chegou o final, que deixou tantas coisas abertas e foi um tanto quanto abrupto... 
Porém, mesmo não tendo gostado da história em si, eu gostei da escrita da autora, ela foi sucinta (por isso tantas poucas páginas) e sem muita descrição - o que talvez tivesse deixado o livro maçante. Claro que não é o livro mais bem escrito que eu já li - longe disso - mas é bem leve e rápido, o que me agradou bastante.

E vocês? Já leram? O que acharam? Deixem a opinião de vocês ai embaixo. 

Beijos :)

2 comentários :

  1. Pra mim, tu resumiu muito bem o que o livro é, e justamente por isso que eu não gostei. Nunca consegui terminar de ler o mesmo. Por outro lado, a serie baseada neles é totalmente diferente, tem fundamentos, e eu gosto da serie, mas dos livros não.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ainda não tive a oportunidade de assistir a série, mas em breve espero poder :D Já vi muitas críticas positivas e quero começar logo. Já os livros... Vamos ver no futuro... hehe
      bjs

      Excluir

Muito obrigada por lerem. Espero que tenham gostado. Então, que tal deixar um comentário com a sua opinião? Acha que ficou alguma coisa confusa? Gostou ou não gostou? É só comentar que eu adorarei ler :)

Se ainda não segue o blog, lembre-se que é bem rapidinho seguir. É só clicar em participar na caixinha de docinhos ali no canto. Siga também nas redes sociais. Beijocas e até mais!