Resenha - Depois dos quinze

Depois dos quinze - Bruna Vieira
Editora: Gutenberg
Páginas: 200







Depois dos Quinze - Bruna Vieira tem 18 anos, é colunista da Revista Capricho e dona de um blog chamado Depois dos Quinze. Começou a escrever porque descobriu que o amor da sua vida era na verdade o amor de uma das centenas de fases que ela já viveu.
Desde então, com a ordem das palavras escritas e compartilhadas nas redes sociais, Bruna superou a timidez, viajou para a Europa, fez duas tatuagens, mudou de vez para São Paulo e tornou-se uma das adolescentes brasileiras mais influentes da internet com milhares de fãs-leitoras-amigas-seguidoras.
Nesse livro você encontra uma mistura de histórias, desabafos e segredos de uma garota que nasceu no interior, ama animais, usa boinas coloridas e ainda acredita no amor simples e verdadeiro.


O Depois dos Quinze é o livro de estréia da Bruna Vieira. O livro reúne crônicas que falam, em sua grande maioria, sobre amor e relacionamentos (que não deram certo ou não). Em cada página, vemos uma adolescente aprendendo a lidar com o mundo e se descobrindo, seja no quesito amoroso, seja indo morar sozinha ou em qualquer outra situação.

Normalmente, antes de comprar qualquer livro, eu procuro muitas resenhas, principalmente as negativas. Talvez isso seja estranho, mas acho que me prepara para o que possa vir (não que eu sempre concorde com elas, mas acho legal ver gente que não gostou e tentar entender o que os fez não gostar). Na maioria das vezes eu discordo de muitas dessas resenhas, mas hoje não foi o caso. 

Agora, por que eu não gostei tanto assim do livro? As crônicas seguem o mesmo estilo que comentei na resenha de A menina que colecionava borboletas, parecem desabafos característico de postagem de blog (que eu gosto muito quando bem feito) e é até difícil saber se se tratam de uma história baseada na vida da autora ou não. Mas dessa vez foi cansativo, porque todas as crônicas pareciam falar sobre a mesma coisa e do mesmo jeito. Era como se você lesse a mesma história, com alguns detalhes diferentes e palavras similares. Não que escrever sobre o mesmo tema seja ruim, mas cansa quando alguém pega o livro para ler de uma só vez. 

Outra coisa que não me agradou tanto foram as personagens. A maioria delas me pareceu... Digamos... Bobinhas? Como se todas tivessem uns 13/15 anos de idade e acreditassem que uma paixão ou um relacionamento fizesse seu mundo inteiro girar. Algumas até tentava fugir desse padrão de menina apaixonada-que-só-pensa-nele, mas voltavam inevitavelmente para o mesmo ponto. Não que eu esteja questionando a existência de garotas assim, pelo contrário, sei bem que uma paixão pode transformar todo um universo. Mas sei lá, acho que ela poderia ter mudado um pouquinho isso (o que entra no que eu disse que a maioria das crônicas são parecidas).

Achei um ótimo livro para ser lido esporadicamente, quando você está em um relacionamento, quando você é jovem, quando você está na fossa, quando você precisa de palavras "amigas" que lhe façam pensar sobre suas atitudes. Ou quando você precisa de frases fofinhas para publicar no facebook ou no instagram. Mas para mim foi uma leitura longa e cansativa. Repetitiva. 

Uma coisa que eu devo elogiar é a edição (como sempre). Foi cuidadosamente diagramada e com uma capa bem fofa. A única coisa que eu não gostei tanto foi a lombada que marcou, mesmo eu não abrindo muito o livro. 


Então é isso, meus docinhos. O que acharam? Já leram o livro? Gostaram? Concordam com a minha opinião? Então deixem um comentário aí embaixo :D

Beijocas e até mais!

3 comentários :

  1. Oi Victorian, tudo bem?
    Primeira vez por aqui, e achei seu cantinho muito fofo.
    Mesmo parecendo não ser antenada, e estar fora do Planeta, preciso dizer que nunca tinha ouvido falar neste livro, e nem mesmo lembro de quem seja a Bruna... kkkkk
    Bom, adorei sua resenha, gosto quando o blogueiro escreve o que realmente pensa e sente com o que lê. Isso faz toda a diferença.
    Parabéns pelo seu espaço. Sucesso
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa, seja muito bem vida *-*
      eu conheci a Bruna Vieira faz pouco tempo, acho que ela faz mais sucesso com adolescentes (já q o blog dela eh mais voltado para isso).
      Fico feliz que tenha gostado ^^
      Beijocas e até

      Excluir
  2. Ei Victorian!

    Eu particularmente não sou fã da Bruna Viera, já acessei o seu blog e não vi nada de interessante para continuar acompanhando e com seus livros a mesma coisa, porque eles me trazem uma coisa bem infantil... E já passei dessa fase ZzZZ HUAEHUAEHUEHUAE
    Mas foi ótimo saber a sua opinião. E posso te indicar uma autora SENSACIONAL pra contos e crônicas? Lya Luft, essa senhora é a minha deusa <3 Ela tem vários livros desse gênero e são baratos, tem até em versão pocket e vira-vira da Saraiva ;D

    Beijos!
    Livroterapias

    ResponderExcluir

Muito obrigada por lerem. Espero que tenham gostado. Então, que tal deixar um comentário com a sua opinião? Acha que ficou alguma coisa confusa? Gostou ou não gostou? É só comentar que eu adorarei ler :)

Se ainda não segue o blog, lembre-se que é bem rapidinho seguir. É só clicar em participar na caixinha de docinhos ali no canto. Siga também nas redes sociais. Beijocas e até mais!